De uma trajetória de mais de 15 anos de vendas consultivas na área de tecnologia, nasceu a Taedda. Quando Laércio Vale notou que seus clientes o procuravam para recomendações de todos os tipos - acredite, até televisão! - teve o grande insight para o início de um novo negócio.

O momento da virada foi quando, ainda vendendo software, um cliente ligou para pedir sua indicação de uma tevê, pois queria deixar dashboards visíveis na empresa. Mais clientes ligavam para pedir recomendações de outras soluções além daquela que ele já havia vendido, e assim Laércio Vale identificou uma oportunidade de negócio para se tornar o principal ponto de contato para o que precisassem.

Hoje, a Taedda atua com o público B2B, como uma consultoria de soluções em vendas que abrange tecnologia, processos e pessoas, contando com a expertise do seu time para atender a necessidade específica em cada caso. Através da Taedda, é possível recrutar vendedores, automatizar processos de vendas, receber treinamentos de metodologias de vendas e ter, também, um acompanhamento personalizado, que pode ser realizado por mentoria ou pela alocação de um gestor de vendas no cliente.

Das indicações à prospecção

Foi conquistando sua autoridade e construindo relacionamentos de confiança que Laércio Vale fundou a Taedda, em 2013. Os primeiros clientes vieram de indicações e da vivência comercial do fundador.

Diferente de muitas empresas que apostaram no inbound marketing como modelo de aquisição, na Taedda partiram do networking diretamente para a prospecção ativa.

O primeiro teste de prospecção ocorreu via LinkedIn, porém, ainda sem a estruturação de técnicas ou utilização de ferramentas, com o objetivo de conseguir contatos telefônicos. Em seguida, contrataram uma pessoa para fazer a prospecção por telefone. Com um background de telecom, a temida cold call era ouvida por todo o dia na empresa, e o resultado era baixo para todo o esforço empregado, gerando 1 ou 2 visitas por mês.

Foi em uma tarde com seu amigo de infância, Mário Luiz, CEO da Prime Systems, que Laércio Vale ouviu falar sobre a metodologia Receita Previsível pela primeira vez. Após comprar o livro, foi procurar mais sobre o assunto na internet e conheceu a Ramper. Quando se inscreveu para conhecer a ferramenta, viu a metodologia pela qual havia ficado fascinado sendo executada na prática e decidiu que queria fazer o mesmo.  Por ser de tecnologia e ter uma empresa enxuta, Laércio Vale sempre buscou maneiras de automatizar sua operação, com ERP, CRM e, agora, com uma forma de otimizar sua prospecção. Logo depois das primeiras interações com a Ramper, não viu mais a necessidade de ter uma pessoa para fazer a prospecção por telefone e optou por operar ele mesmo a ferramenta.

Essa decisão foi corroborada pois, utilizando o Ramper, conseguiram uma levantada de mão de uma das maiores empresas de logística do mundo em menos de uma semana.

Com as dicas e sugestões de Natalia, CS da Ramper, Laércio Vale montou suas cadências e recebeu, em três dias, um telefonema do potencial cliente querendo agendar uma reunião para conhecer sua solução. Laércio Vale lembra que, em um primeiro momento, até ficou confuso com o contato, se perguntando de onde havia surgido. Foi pedindo que respondessem ao e-mail que percebeu que aquela ligação era resultado do trabalho de prospecção desenvolvido através do Ramper.

Com a sensação do sucesso, ligou para Mário, da Prime Systems, na mesma hora, contando que tinha acabado de colocar a ferramenta no ar e teve uma levantada de mão. A sensação, para ele, se comparava a ir na Teodoro Sampaio comprar um vinil quando adolescente. Os dois sentiam ter encontrado algo diferente, que não podia passar batido. Hoje, quase três anos depois, tanto a Taedda quando a Prime Systems ainda são clientes Ramper.

Ao montar mais cadências e ter mais respostas, a percepção de valor foi tão grande que Laércio Vale quis estendê-la: se tornou especialista na metodologia e entrou em contato com a Ramper, tornando a Taedda um canal parceiro que hoje possui seis clientes ativos.

Laércio diz que possui uma relação de admiração pela empresa. Para ele, as principais entregas de valor da plataforma são:

  • a assertividade no processo de prospecção;
  • a execução do processo da Receita Previsível através da ferramenta;
  • a redução do CAC - através da construção de ofertas por diferentes cadências no lugar do desenvolvimento de times de prospecção com especialistas em cada uma das ofertas.

A Taedda é um exemplo do que a Ramper se propõe a fazer: automatizar sua prospecção, gerar leads encurtando seu ciclo de vendas e ter clientes promotores da sua solução.

Conheça melhor a nossa plataforma de prospecção B2B e veja como ela pode te ajudar. Solicite uma demonstração aqui.