/ Cases

Fisconnect passa a ofertar serviços em nível nacional por meio do Ramper

A Fisconnect, escritório contábil de São Paulo, há poucos dias comemorou seu aniversário de três anos. Apesar do pouco tempo de existência, a empresa possui metas ousadas para quem nasceu no auge da crise econômica que há anos assola o país.
Quando a Fisconnect foi constituída ela não possuía nenhum cliente, mas hoje a sua carteira já conta com cerca de 150 empresas e o escritório visa fechar o ano com pelo menos 200 clientes.

O escritório contábil atende a pequenas e médias empresas em variados ramos de negócio, em especial nas áreas de tecnologia de informação, propaganda e marketing, construção civil, franquias, advocacia e medicina.

Em especial nesse último segmento, o de medicina, a empresa possui expertise que confere expressiva economia tributária às empresas dessa área, mas a oferta não vinha sendo feita de maneira a ajudar na captação desses clientes.

A oportunidade, por abranger grande fatia da área médica de todo o país, poderia ser oferecida em nível nacional, mas isso exigiria grande trabalho de pesquisa e muita disposição de tempo para construção dos relacionamentos, haja vista que milhares de empresas médicas poderiam ser alcançadas.

Diante desses obstáculos a Fisconnect quase abandonou a oferta dessa inteligência fiscal, o que faria com que deixasse para trás a possibilidade de obter expressiva receita de serviços e a oportunidade de conquistar receitas recorrentes pelo ingresso de novos clientes.

Foi quando Rogério Pereira da Silva, advogado tributarista e sócio-fundador da Fisconnect, foi apresentado ao Ramper.

“Fui impactado por um anúncio do Ramper no Facebook e imediatamente entrei em contato pedindo uma demonstração. Fui pontualmente atendido e apresentado à ferramenta, e não hesitei em contratá-la e colocá-la em produção o quanto antes”, afirma Rogério.

A primeira providência do advogado foi adquirir o livro Receita Previsível e esmiuçá-lo:

“Tendo recebido a indicação do livro pelo executivo de vendas da Ramper, o qual esclareceu o conceito da ferramenta extraído dele, tratei de promover sua leitura e construir um mapa mental para facilitar o entendimento do seu conteúdo”, informa.

Com o Ramper em produção, a Fisconnect passou a oferecer sua inteligência fiscal para a área médica de maneira automática e organizada, construindo sua rede de relacionamentos a partir de captura de contatos.

“Obter contatos de maneira tão simples como a que o Ramper nos oferece e ao mesmo tempo construir uma cadência de e-mails que são disparados automaticamente para os contatos recém extraídos traz uma produtividade sem a qual, segundo estimamos, não alcançaríamos nem 1% do mercado que podemos ajudar com nossa solução”, avalia o empresário contábil.

Por meio do Ramper hoje a Fisconnect desenvolve a comunicação com mais de 1.000 empresas médicas no país para oferta de sua inteligência fiscal, dentre os quais já conquistou cerca de 10 clientes recorrentes e outros tantos para consultoria de economia fiscal.

“Para nós o Ramper já se pagou inúmeras vezes e hoje temos a ferramenta como nosso principal instrumento comercial, sendo que sem ele, talvez tivéssemos que revisar nossas metas e torná-las menos ambiciosas, pois nos faltaria condições humanas de prossegui-las”, conclui Rogério.