Pense no processo relacionado ao funil de vendas. Deu um desgosto, com uma primeira lembrança de que é demorado, custoso e recheado de atividades chatas? Então, vem aqui que existem outras formas de fazer isso.

O topo do funil marca os momentos iniciais da jornada de seu possível cliente. É onde você atinge mais pessoas com menor nível de personalização, o que faz com que valha  a pena automatizar essa etapa o máximo possível, de maneira inteligente e estratégica pensando em quem quer atingir. Assim, você diminui o esforço do seu time em atividades manuais e repetitivas, já que essa etapa tem maior volume de atividades e menor valor individual, e permite que ele trabalhe onde é exigido maior nível de personalização, com pessoas mais preparadas para ouvir um pitch de vendas.

Até aqui, nada de muito novo, certo?

O mundo é cada vez mais acelerado, e a tecnologia não vem para disputar vagas de trabalho, mas, sim, para alavancar e dar vantagem competitiva a quem saiba utilizá-la melhor ao seu favor. Utilizar os recursos certos é o que permite que você trabalhe não necessariamente mais, mas, certamente, melhor e com maior possibilidade de retorno.

Peter Drucker já dizia que a inovação é “o meio pelo qual o empreendedor cria novos recursos geradores de riqueza ou dá a recursos existentes maior potencial para gerar riqueza”.

Que tal, então, inovar por meio de processos, com estratégias que muitas vezes já estão em andamento na sua empresa?

Você talvez já tenha lido nossos artigos sobre automação de vendas e sobre a  importância da cadência em prospecção digital. Também já escrevemos sobre estratégias de marketing e hoje viemos falar da conexão que pode ser feita na convergência do funil em Y, através do que chamamos de inbound ativo.


O que é inbound ativo?

Antes de falar especificamente sobre o inbound ativo, é importante lembrar que uma boa estratégia de inbound marketing não só atrai e gera leads, mas também os conduz em jornadas de educação em direção ao funil de vendas. Isso ajuda o vendedor, que recebe um lead muito mais preparado, e evita que ele dedique seu tempo a pessoas que não se relacionem com a dor ou necessidade que sua solução atende.

Quando identificado que o lead está qualificado via inbound para um contato comercial, alguns caminhos podem ser explorados, dependendo dos recursos que você possui disponíveis:

  1. Importação e exportação manual de listas entre diferentes softwares;
  2. integração entre softwares de inbound e CRM para distribuição dos leads para o time comercial;
  3. Integração entre softwares de inbound e outbound para otimização das tarefas repetitivas e manuais e disparo automático de cadências de prospecção digital.

A terceira opção é o que chamamos de Inbound ativo, um recurso utilizado para automatizar elo entre as estratégias de inbound e outbound.

Por meio da construção e desenvolvimento de automações de cadências de e-mail, o inbound ativo faz a passagem de bastão entre fases  através de uma abordagem comercial que é configurada para ocorrer de maneira automática.


Quem pode se beneficiar com o inbound ativo?

Especialmente quem já possui uma estratégia de inbound e deseja melhorar a passagem de bastão com o time comercial, diminuindo o número e as chances de erro ocasionadas por  interações manuais e repetitivas.

Isso se torna ainda mais essencial quando lembramos que 98% dos seus MQLs nunca chegarão a fechar negócio com você. Isso pode ser reduzido com o inbound ativo, pois ele permite:

  • engajar automaticamente os leads que consumiram conteúdos / materiais de marketing e correspondem aos critérios do seu ICP;
  • aumentar resultados da estratégia inbound sem aumentar o esforço.

Na briga por crescimento e atenção. como você, hoje, está trabalhando para atingir mais pessoas sem aumentar os recursos proporcionalmente?

O inbound ativo gera valor ao seu prospect e, também, constrói uma jornada com sinergia estratégica entre as área de marketing e vendas da sua empresa.

Pensando em benefícios para o time, isso significa menos tempo gasto com leads fora do tempo e do perfil de cliente ideal, e maior foco em alimentar um topo de funil com leads educados e preparados para receber a abordagem comercial, aumentando suas taxas de conexão e conversão.

Como pontos de atenção para bons resultados com inbound ativo, podemos citar a existência prévia de:

  • Conhecimento em automação de marketing e vendas
  • Alinhamento entre áreas de marketing e vendas
  • Plataformas de inbound e outbound
  • Fluxos de atração, nutrição e qualificação
  • Cadências de prospecção digital

Fazendo inbound ativo com o Ramper

Através do Ramper, é possível criar cadências exclusivas para os leads que estão no RD Station. Além disso, temos uma equipe de sucesso do cliente pronta para auxiliar sua jornada de integração e construção de cadências de prospecção digital.

Solicite sua demonstração clicando aqui.