/ Hipercrescimento

HIPERCRESCIMENTO #24 - Combinando dinheiro com senso de propósito

"A realização resulta de empenhar todo o seu ser. Você trata o trabalho como se fosse algo completamente separado de sua vida pessoal? Ou sua vida pessoal está interferindo no trabalho? Combine-os para se beneficiar ao máximo dos dois. O trabalho pode melhorar a vida pessoal e a vida pessoal pode melhorar o trabalho."

Atualmente um dos maiores desejos das pessoas é ter um trabalho com propósito. É muito bom quando conseguimos aliar trabalho e propósito em um mesmo emprego. Mas a verdade que muitos não querem encarar, é que não dá para ganhar dinheiro colocando o senso de propósito em primeiro, segundo e terceiro lugar na sua lista de prioridades.


Mas há algumas formas de mesclar o dinheiro de um senso de propósito.
Imagine um amigo que faça trabalho voluntário e consegue ajudar centenas de pessoas em luta de uma causa. Bacana, né? E se ele disser: "Criarei uma organização de US$1 milhão para ajudar/resolver/melhorar {inclua a causa aqui}". Continua a ter senso de propósito.

É mais fácil fingir que o dinheiro não é importante - mas é. Para avançar é necessário abrir mão do ego, ter coragem e ir atrás.

Mas é sabido que todos nós resistimos à mudança. Só lembre-se que o conforto é o inimigo do seu crescimento.

Use as crises como trampolim. Motive-se a mudar - por mais doloroso que possa ser - e pare de evitar a mudança.
Encontrar razões que o motive a se desafiar, sair da mesmice e reunir coragem deve ser uma prática constante.

Não presuma que você só irá encontrar o senso de propósito ao trocar o seu emprego por algo mais exótico ou uma experiência mais "fora da curva". Ou que você só poderá encontrar sentido se largar tudo e se dedicar ao serviço voluntário na África ou outra causa.

Não há nada de errado com essas experiências, mas comece encontrando um maior senso de propósito nas pequenas coisas que você já faz diariamente: dar um conselho, conversar com cliente, pedir a opinião de um colega, superar um bloqueio criativo etc.

Qual é seu talento especial?

Quais contribuições especiais você tem a fazer na empresa e na equipe? O que você poderia fazer para que o trabalho seja mais gratificante?

Para ter sucesso você precisa se destacar na multidão. Descubra o seu talento, aprenda a promover tal talento e aplique-o nas soluções dos problemas das pessoas. Ser diferente requer coragem.

R8

O que você quer fazer ou criar que seria motivo de orgulho? Faça.

Descobrindo seu talento especial

Para descobrir qual é o seu talento especial, liste todos os seus interesses e veja como é possível combinar dinheiro com senso de propósito nas suas respostas. Veja um exemplo de lista abaixo:

R9

Após a lista, responda francamente as perguntas que estão nas páginas 342 e 343 (não darei spoilers).

É possível integrar a vida pessoal e a vida profissional

Não tenha vergonha de admitir que você tem problemas. Afinal, todos nós temos. Mas mantenha a coisa simples, sem fazer uma tempestade em copo d'água. A ideia é informar e não se lamentar.

Se mostrar franco em relação as dificuldades particulares, sem que elas se sintam julgadas ou até punidas, torna tudo mais leve.
Quando as pessoas são abertas umas com as outras, evita surpresas desagradáveis e perguntas como "Por que fulano anda tão distraído?", e o mais importante: elas se ajudam a encontrar a melhor solução.

A regra de ouro sempre se aplica: não abra toda sua vida para as pessoas.
Algumas coisas devem ficar no privado, como é o caso de um problema no casamento. Ao invés de falar por aí como os problemas entre você e seu parceiro ou parceira estão aumentando, simplesmente não fale. Respeite a pessoa em questão.

Aaron, como é que você consegue criar 12 filhos e ainda ter tempo para trabalhar?

"Nós temos 12 filhos (até agora...), desde um recém-nascido até um jovem de 17 anos. A fase que requer mais energia e tempo é quando eles são bebês. Então, apesar de 12 filhos parecer muito, eu trapaceei e pulei a fase dos bebês com muito deles".

Em outras palavras: Aaron e sua atual esposa adotaram muitas crianças. Alguns filhos são do antigo casamento e outros foram feitos "do zero" (como o autor brinca no livro). Além disso, três filhos de Aaron têm ou tiveram alguma deficiência ou problema físico.

"Os problemas em grande parte têm solução e nós nos adaptamos. Então, acaba não sendo tão ruim quanto você possa imaginar. Mas quando ouço falar de um casal - sem nenhuma ajuda - com quatro, cinco ou mais filhos biológicos, eu penso: Como é que eles conseguem dar conta?!"

Malabarismos

Abaixo uma lista dos "truques" que o autor, Aaron Ross, faz religiosamente:

*1 - Eu mergulho de cabeça e depois vejo como dar conta.

*2 - Quanto maior a família, mais fácil é.

*3 - Nós contamos com muita ajuda.

*4 - Faço questão de reservar um tempo de minha agenda para eventos importantes (segundas: com a esposa, quartas: escrever, duas manhãs são reservadas para se exercitar...).

*5 - Eu me atenho a trabalhar de 20 a 30 horas por semana, mantendo a flexibilidade.

*6 - Meu outro emprego (e uma semana de trabalho de 168 horas) sou pai em tempo integral.

*7 - Eu confio em minha esposa.

*8 - Eu parei de fazer ginástica - minha rotina inclui levantamento de bebês, mudar os móveis de lugar e ainda me exercito todos os dias!

*9 - Nossos filhos têm entre zero e duas atividades por semana.

*10 - Faço questão de me manter presente.

*11 - Eu costumo ter várias funções de força importantes no trabalho.

Dinheiro

*12 - A motivação (e às vezes o desespero) de ganhar mais dinheiro rapidamente do que jamais consegui antes, resulta de ter uma família que não para de crescer.

*13 - Nos primeiros anos, apliquei os mesmos métodos que expliquei nas sessões "Garanta seu nicho", "Crie um pipeline previsível", "Dobre o tamanho de suas transações" e "Percorra o caminho das pedras".

*14 - Sempre tenho um projeto dez vezes em andamento.

*15 - Eu me empenho para encontrar parceiros de confiança.

Filhos

*16 - Eu não faço distinção entre os filhos biológicos de minha mulher, nossos filhos biológicos e os adotados.

*17 - Eu brinco muito com os meus filhos.

*18 - A maioria de nossos filhos frequenta escolas diferentes.

*19 - Usamos computadores, tablets e celulares com cautela.

*20 - Meus filhos brincam muito uns com os outros.

*21 - Sempre é divertido levar um filho mais velho junto comigo em minhas viagens para palestras.

Desafios

*22 - Menos culpa - por mais que eu passe um bom tempo com a minha família, de vez em quando me sinto culpado por não estar ainda mais presente. Nessas horas penso: "se eu preciso trabalhar para pagar as contas ou garantir a estabilidade financeira para minha família, o trabalho pode ser considerado um tempo dedicado à família".

*23 - Eu tenho tantos desafios e frustrações quanto você ou qualquer outra pessoa.

*24 - Estou muito longe de ser perfeito.

*25 - Passar anos sem guardar nenhum tostão.

*26 - Faço questão de passar um tempo sozinho com cada filho.

*27 - Manter o romance.

*28 - Cansaço.

*29 - Gostaria de escrever mais no meu blog pessoal.

"Se seu objetivo é de importância vital para você, você dará um jeito. Isso se você persistir, especialmente diante do que pode considerar fracassos. Mesmo se você levar mais anos do que gostaria para chegar lá e avançar de maneiras absolutamente inesperadas."

HIPERCRESCIMENTO #24 - Combinando dinheiro com senso de propósito
Compartilhar isso